E a vida segue como deveria ser

Deixe o seu comentário

Então, tudo que eu presumi que aconteceria em relação à faculdade aconteceu. O trabalho ficou bem fraco e há fatos que mesmo quando são marcantes não merecem ser citados. Resumidamente eu acabei fazendo a rematrícula no mesmo período assim que a apresentação acabou, mudei de turma e acredito muito que agora tudo vai dar mais certo, sem atropelos, sem sacanagens, também sem filhotinhos pra cuidar… o que deverá me resultar em menor perda de tempo em cuidar filhotes, limpar calçada que eles sujavam e tudo mais, fazendo aumentar o tempo que terei para estudar como devo… sem ninguém se fazendo de vítima do universo a zumbizar nos meus ouvidos. Passou, acabou.. ficou para trás!

Agora vou mostrar mais um esmaltinho que andei usando e gostei muito.

O escolhido foi o Descolada, da Passe Nati.

Olha eu juro que a primeira vez que vi a marca não botei fé, até o dia que por curiosidade eu comprei um creminho pra hidratar as cutículas e ele me surpreendeu. O Descolada é um vermelhinho lindo, e conforme a luz que bate nas unhas dá pra notar que há um pouco de laranja nele. A cobertura é ótima e  ele seca bem rapidinho, nota dez!

A moldura eu fiz no photoshop, um programa pelo qual sou apaixonada!

Por hoje é só, até breve! Quem quiser seguir-me no twitter, aqui vai o endereço!

A vida continua

Deixe o seu comentário

Desde a última postagem em que eu reclamei da faculdade mais água rolou.

Mas… hoje eu não quero reclamar. Não quero reclamar de fazer trabalho da faculdade que deveria ser em grupo e contar que me senti atropelada, que havia gente passando por cima de mim pra fazer tudo sozinha, nem reclamar que por mais que eu pedisse pra minha colega que compartilhasse as responsabilidades do trabalho comigo ela prticamente me ignorava.

Mas de não podermos apresentar o tal trabalho porque a faculdade fecharia às 10 horas, devido ao jogo do Brasil com a Holanda… ah isso eu achei mesmo ridículo. Me pergunto o que leva as pessoas a comprar a tal da vuvuzela e ficar “cornetando” nas caras dos demais, tendo por justificativa o jogo da Seleção. Foram meses de ansiedade pra construir o trabalho, mesmo que pequena porção dele, pra chegar na nossa vez de apresentar e termos que ir embora e voltar na segunda-feira porque o Brasil ia jogar. Quer saber? Foi MERECIDA a vitória da Holanda! O mais engraçado disso é que quem virou o jogo foi o Wesley Sneijder… e Sneijder coincidentemente é o nome de um lindo collie filho da minha Bunny.

Já retornando ao assunto da faculdade… bom eu combinei com o professor que pra mim, pela minha dificuldade nas matérias dele, Adobe Flash e HTML eu irei refazer de qualquer maneira porque depois disso vem PHP e Javascript, e essas linguagens requerem habilidade com HTML e CSS. Ok… mas eu ñ poderia deixar de comparecer com o trabalho… aí chego lá e na minha vez eu tenho que deixar tudo pra depois por causa de um jogo de futebol… que raiva passei!

Devido a esse conjunto de fatores e à minha vontade de postar mais frequentemente por aqui, vou passar a colocar as coisas que eu gosto como meus esmaltes, meus cachorros, os tutoriais que eu vier a construir das coisas que vou aprendendo em photoshop, as reclamações dos cosméticos que prometem mas não cumprem… isso daqui vai ficar diversificado, e não… não vou parar de reclamar, ao menos quando isso for necessário… ao menos quando eu conseguir acreditar que no meu blog escrevo o que quiser.

Aliás vou postar sobre um esmalte que eu acho lindo, que é o Leme da Impala. Pra quem quer um esmalte discreto ele vem na medida. A foto nem está grande coisa, pois quando a fiz era uma época em que ainda estava bem no comecinho da minha atual paixão por esmaltes e não era muito boa em fazer as unhas sozinha , não ainda. Não que agora seja perfeita, mas melhorei bastante de 1 ano atrás pra cá. A minha modesta coleção que antes era gigante com 10 unidades,  já não sei dizer exatamente, mas deve beirar os 120 esmaltes. É um vício quase maldito, não fosse pelo detalhe que nos embeleza as mãos, e cada blog onde vejo uma nova cor, lá vou na lojinha e trago “só mais um”.  As vendedoras da Loja da Manicure quando eu chego já perguntam se “quero cestinha hoje”.

esmaltes, flores, fotografia

Muitos eu comprei, usei, não gostei e doei. ultimamente tenho tentado guardar os vidrinhos pra fazer as misturinahs que vejo em outros blogs e por aí vai, a paixão só cresce. Jurei que ñ usaria nunca esmalte verde, azul, laranja… e mordi a língua. Mas teve seu lado legal, porque saí daquela falta de cultura do branquinho básico e larguei de ser abobada achando que esmalte vermelho é vulgar… aliás eu passei a adorar os vermelhos. Não acho que adiante ter olhos lindamente maquiados e as mãos cheias de cutículas por fazer… prefiro ter a make básica(rímel, lápis e batom) no roto e um esmalte lindo nas mãos!

Enfim, agora é zerar o contador na faculdade, refazer as matérias que preciso e tocar em frente… pq se reclamar deixasse a gente rico eu já seria trilhardária, né?!

Faculdade, o stress continua…

Deixe o seu comentário

Pois é, depois de meses sem postar aqui pra tentar me aprumar mais no ritmo da faculdade, fui ter no final do ano passado a brilhante idéia de acasalar minha collie. Os filhotes são lindos, nasceram em fevereiro, bem quando a faculdade recomeçou o segundo semestre.
O problema não é vender os filhotes, pois graças a Deus eles são de uma linhagem invejável e fora uma das filhotinhas que vai ficar comigo, os demais já estão todos vendidos. O problema é dividir direito o tempo que gasto cuidando deles e o tempo que preciso ter pra estudar.
Pra quem não sabe, eu vou para a aula de manhã e depois ds aulas eu vou, religiosamente todos os dias, para a casa de meus pais. Antes mesmo de almoçar tem um “mar” de fezes para recolher(é isso mesmo, os filhotes são meus e quem limpa a calçada e a sujeira que eles fazem sou só eu) e preciso lavar a calçada, e recolher tudo que eles encontram quintal afora e deixam espalhado por todo lado. Dia desses acharam um pano de chão que uma faxineira deixou dando sopa e quando encontrei já estava em mil pedaços, sem contar os pedaços constando até ns fezes deles… pensam que são avestruzes! Pra estressar só mais um pouco, eles destruíram até mesmo o móvel do tanque da lavanderia de minha mãe, que é o local onde eles dormem.
Voltando à rotina diária de cuidados com eles, eu chego da aula, cato os cocôs de todos os cães da casa, lavo a calçada,aí volto para dentro, lavo minhas mãos várias vezes e vou almoçar.
Na casa de meus pais cada um lava a louça que suja, e quanto a isso nem tenho do que reclamar..embora fique com dó de minha mãe, de 73 anos, limpar as panelas onde a comida é feita ou esquentada.
Como minha turma na faculdade troca muitos emails com informações acerca de provas e tudo mais, eu tenho que sempre depois do almoço dar uma visitada nos emails, e dependendo do que receber da turma faço uma coisa ou outra, ou ainda paro um pouco pra tentar achar por onde começar a fazer as atividades e trabalhos da faculdade. Ai de mim se abrir MSN, pois sempre tem alguém pra ficar chamando pra dizer “dae, tudo belê?”, ou então recebo emails dos compradores dos filhotes, porque eles têm dúvidas de como cuidar dos filhotes, e os que compraram filhotes e ainda não puderam recebê-los sempre me pedem alguma foto ou algo semelhante. Boa criadora que sou, se alguém pede fotos eu faço o quanto antes.
Aí eu baixo as fotos, edito no photoshop, assino, envio…
Depois disso eu tenho que focar na faculdade, senão me perco toda… e vou atrás das coisas que preciso fazer, abro o caderno para ver as anotações e instruções, e fico tão aflita porque preciso dominar o Flash, Blender, HTML, CSS, Ajax, Xhtml, Xsl, Xslt que me desespero e esqueço de começar pelo que entendi melhor… e só falta sair arrancando os cabelos.
Já a seguir vou atrás de tutoriais no google(pois é, pago a faculdade pra ter que procurar tutoriais grátis internet afora… ñ sei pra quê faço faculdade e já começo a achar que todo mundo que consegue acessar o google e aprender usando tutoriais grátis deveria ter diploma universitário) e quando penso “achei o tutorial que faz isso”, eu tento aplicar as regras e nem sempre funciona.
Claro que fico nervosa… quando tenho dúvidas o que meu professor diz? “Já te disse isso mais de mil vezes!”
Caramba, não consigo contar nem com meu professor!
Ah e claro, chega 16h eu tenho que dar a ração dos cães, catar os novos cocôs que tiverem feito, lavar novamente as partes da calçada que eles possam ter sujado… depois disso eu posso ir pra casa.
Os filhotes precisam de atenção pra se socializarem a contento…
A faculdade precisa de dedicação e tempo sobrando pra estudar e não ter dúvidas, pois segundo o que ouço quando tenho dúvidas, eu não tenho o direito de ter dúvida nenhuma…
Fico sem saber se eu é que estou me dedicando pouco, ou se estou no curso errado, ou se a didática do meu professor não é o bastante pra mim e por isso não entendo nada, ou se estou dando maias atenção aos cães do que deveria, ou se estou “assistindo as unhas crescerem” depois que saio da aula (e essa certamente deve ser a opinião de todos os professores, os alunos saem da sala de aula e vão assistir a grama crescer).
Aí a ansiedade faz abrir o apetite, as roupas não cabem direito, o stress pega de novo.
Sinceramente, estou desanimada… nem vou mencionar aqui sobre “trabalhos em grupo” que tenho que fazer porque é mais um motivo de stress… continuo outra hora… antes que acabe xingando algumas pessoas…

Muitas andanças

Deixe o seu comentário

Desde que postei aqui a última vez muita água rolou.
Fiz cursinho pré-vestibular, passei numa faculdade particular e resolvi encarar a faculdade de Produção Multimídia com Ênfase em Web Design. O primeiro semestre parecia turbulento, eram muitas novidades… mas agora no segundo semestre o “bicho” está pegando geral.

Ter DUAS aulas de uma matéria, um software dificílimo de usar e depois já ter prova, deve ser bom para a faculdade porque a gente se dá mal na prova, reprova e tem que pagar pra cursar a matéria novamente. Com esse aspecto não estou feliz, porque qualquer aluno da “Esquina Informática” provavelmente sabe mais sobre Adobe Flash e Adobe Dreamweaver, sobre HTML e CSS do que nós, da faculdade.
Mas mesmo as aulas sendo muito superficiais (peraí, é uma faculdade… cadê o conhecimento aprofundado que deveríamos receber?) isso tem tido o lado bom, que é aprender um pouquinho de cada programa, ainda que tenha investido já uns mil reais em livros em menos de dois semestres cursados, e também por conhecer pessoas novas, de todas as idades, todos os estilos (ou falta de…) e principalmente perceber que apesar dos problemas que cada um tem em sua vida privada, o mundo não vai girar em volta de ninguém, e parar tudo pra se descabelar porque as coisas estão sendo difíceis só vai aumentar a distância entre acompanhar a turma como puder, ou acabar ficando pra trás.
Fora a faculdade conturbada, em que já tive que passar até pela experiência de um professor me dizer que eu não levo jeito e o melhor é desistir (e acho que ele estava me testando), na vida pessoal vai tudo bem, obrigada.
A família tá ótima, melhor impossível.
Casamento? Esse vai mais que super bem, estou super feliz com a pessoa que amo.
Os dogs vão bem e não tem me dado preocupação, ainda bem.
Enfim, tudo que falta agora é paciência com a faculdade, e do resto eu também corro atrás!

Sagaldogs Éowyn Of Rohan At Saltinho, a Pipa

3 Comentários

18  julho 2009 XS  JOINVILLE 351BLOGPipa, com é carinhosamente chamada, é produto da primeira ninhada da minha fêmea Bunny, e é também produto da primeira ninhada de meu canil, o SAGALDOGS.

Dona de um temperamento excelente e de uma estrutura de muita qualidade, a Pipa participa de exposições desde filhotinha obtendo sempre muitos resultados excelentes em pista apresentada pelo handler Luiz Antonio Rezende.

O proprietário de Pipa é Luiz Augusto Xavier, titular do canil Saltinho da Pedreira, que também cria Collies aqui em Curitiba e vem tendo bastante sucesso com os cães que coloca em pista.

Sagaldogs Éowyn Of Rohan At Saltinho (Pipa)
Pai: Lakefield Liable Lax
Mãe: Fairieland Bunny Girl
Criador: SAGALDOGS
Proprietário: Saltinho da Pedreira

Collies – Os filhos de Bunny

2 Comentários

Bunny teve sua primeira ninhada em setembro de 2008.

Dos três filhotes dela vou falar sobre dois deles. O “terceiro” filhote vendi sob a condição de não mostrar e nem comentar nada sobre ele até que seu proprietário decida fazê-lo.

Como de costume as meninas ganham prioridade, e vou comentar a seguir sobre a “Pipa”, depois sobre o “Ás”.  Seus nomes são, respectivamente: Sagaldogs Éowyn Of Rohan at Saltinho e Sagaldogs Aragorn Of Gondor.

Pipa e Ás são filhos da minha collie, Fairieland “Bunny” Girl, com o Lakefield Liable Lax, o “Jipe”, que foi o Melhor Collie de São Paulo em 2007 e 2008. Não bastasse a premiação em São Paulo, ele foi também o melhor no Paraná, e em Santa Catarina (nos dois anos, 2007 e 2008) e Rio Grande do Sul.

Inicialmente fica aqui uma foto minha com os dois, mais adiante mostro cada um individualmente. A foto é de autoria de Leonice Pinheiro, proprietária do Ás.

Pipa e Ás comigo

Collies, minha paixão!

5 Comentários

Tudo começa quando eu, criança, assisti a um filme da Lassie e passei a querer uma Collie.

Aí um parente meu comprou um casal, ganhei um filhote tempos depois, e a paixão em vez de sossegar só ficou mais e mais forte.

Enfim, hoje tenho a Hannah e a Bunny, minhas meninas lindas e mimadas.

Hannah não tem pedigree, foi comprada de uma pessoa assim meio… cachorreira, que criava com intenção de fazer dinheiro vendendo filhotes, sem respeito algum ao padrão da raça e ao trabalho de pessoas que passam anos estudando as linhagens pra obter bons filhotes. Por esse motivo ela nunca acasalou e nem será acasalada.

09 ABRIL 2009 XS 010

Já a Bunny eu ganhei de presente de duas criadoras de Collie lá de SP (o canil é o Fairieland, das irmãs Cintia e Samanta Fumagalli).

Bunny é filha de cães que já nasceram de ninhadas estudadas e programadas para “dar certo”.  Sempre que posso participo com ela nas exposições onde ela já obteve os títulos de Campeã Filhote, Campeã e Campeã Panamericana.

Ano passado ela teve sua primeira ninhada e seus filhos estão muito lindos, dois dos três filhotes participam das exposições também, e tem obtido resultados expressivos. Mais  adiante pretendo postar fotos dos filhotes dela pra vocês conhecerem.


Older Entries

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.